quarta-feira, 19 de maio de 2010

(69)

OS BONS COMPANHEIROS

QUEM FEZ: Martin Scorsese

BRAVO!:Joe Pesci, simplesmente perfeito interpretando o mafioso Tommy Devito, um gângster desbocado e cruel, sem medo e receio nenhum de matar seja quem for. Oscar de melhor ator coadjuvante para o baixinho.

HISTÓRIA: Quando começa a trabalhar para o mafioso Paul Cícero (Paul Sorvino), o jovem ítalo-irlandês Henry Hill (Ray Liotta) acredita que o sonho de ser um gângster pode se tornar realidade. Aos quinze anos, Henry é apenas um motorista, mas com o tempo ganha notoriedade dentro da organização criminosa e decide abandonar a família e a escola para viver o sonho de ser um mafioso no seu bairro. Em pouco tempo, Henry ascende no mundo do crime, sempre ao lado dos seus dois companheiros, o perigoso James Conway (Robert De Niro) e o insano Tommy Devito (Joe Pesci).

CENA INESQUECÍVEL: Duas cenas são o destaque do filme. A primeira apresenta o momento de euforia da máfia quando Henry Hill é preso pela primeira vez. Nunca se fez tanta festa pela perda de uma “virgindade”. Beijos e abraços para o mais novo fora da lei do bairro. Simplesmente genial. Outra parte chocante acontece quando os três amigos precisam desenterrar um cadáver morto por eles há muito tempo. Apesar da situação esdrúxula, os mafiosos não perdem a oportunidade de brincar uns com os outros. “Você que uma perna, um braço ou a coxa?” Rsrsrsr Genial.

BÔNUS: A narração de Ray Liotta e Lorraine Bracco. Mais uma vez Martin Scorsese usa e abusa da narração para contar a história do seu filme. É assim que se faz cinema. Palmas para o diretor.

MORAL DA HISTÓRIA: “Melhor viver no crime do que ter uma vida normal”
O filme é sobre a máfia, mas no fundo é uma leitura sobre o homem e o seu desejo de ter uma vida grandiosa. Ser gângster implica em viver fora da lei, com roubos, torturas e mortes. Para Henry Hill tudo bem, desde que ele não seja um homem normal, vivendo dentro da eterna rotina do dia-a-dia. Estar dentro da máfia é sinônimo de liberdade e facilidade. Na falta de dinheiro, assalte um aeroporto. Problemas com a polícia e com seus inimigos? Mate-os. A lei não é um empecilho para aqueles que não podem ser pegos. Como podemos viver cada dia como se ele fosse o último, se todos eles são iguais? Henry Hill achou a resposta. Seja um Gângster.

2 comentários:

  1. Adoro filmes da máfia, ou sobre a Máfia, ou que falem sobre a máfia, qualquer coisa!! Definitivamente alugarei :)

    ResponderExcluir
  2. Eu tb adoro, segundo uma lista feita em 2008, Os bons companheiros é o segundo melhor filme sobre a máfia, so perdendo para Poderoso Chefão 1.

    Segue a lista para quem quiser assistir.

    1 O Poderoso Chefão (The Godfather), 1972
    2 Os Bons Companheiros (Goodfellas), 1990
    3 O Poderoso Chefão 2 (The Godfather Part II), 1974
    4 Fúria Sanguinária (White Heat), 1949
    5 Uma Rajada de Balas (Bonnie and Clyde), 1967
    6 Scarface: A Vergonha de uma Nação (Scarface: The Shame of a Nation), 1932
    7 Pulp Fiction, 1994
    8 Inimigo Público (The Public Enemy), 1931
    9 Alma no Lodo (Little Caesar), 1930
    10 Scarface, 1983

    ResponderExcluir